Back

Obra de dragagem do canal de acesso aos Estaleiros de Viana do Castelo arrancou esta terça-feira

Evento contou com a presença do Ministro das Infraestruturas e da Habitação

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) lançou, esta terça-feira, 16 de junho, a obra de dragagem do canal de acesso aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo. O investimento vai permitir a entrada de navios de maior dimensão e potenciar a criação de um cluster competitivo na indústria naval portuguesa, aumentando a competitividade do porto minhoto.

O evento, que ocorreu nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, contou com a presença dos Membros do Conselho de Administração da APDL, do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos; do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa; e do Presidente do Grupo Martifer, Carlos Martins.

"Adequar infraestruturas e equipamentos ao aumento da dimensão dos navios é fundamental para que os portos se mantenham competitivos. Este investimento vai traduzir-se na melhoria imediata das condições de operacionalidade da unidade portuária.", salienta a APDL.

O projeto, que conta com um investimento de 17,4 milhões de euros da APDL, vai contribuir para a melhoria das condições de segurança e navegabilidade no Porto de Viana do Castelo.

Espera-se que este investimento contribua para o aumento do Valor Acrescentado Bruto em mais 90 milhões de euros e para a criação de 400 novos postos de trabalho.

A empreitada, que usufrui ainda um investimento privado de cerca de 11 milhões de euros, tem um prazo de execução de 08 meses e conta com uma área de intervenção de aproximadamente 190 mil metros quadrados.

Junho 2020