Back

APDL e Câmara Municipal de Viana do Castelo celebram protocolo para “Estudo Prévio para o desenvolvimento do Porto de Viana do Castelo”

A APDL e a Câmara Municipal de Viana do Castelo assinaram hoje, dia 14 de junho, um protocolo para a realização de um "Estudo Prévio para o desenvolvimento do Porto de Viana do Castelo". Para Nuno Araújo, "este protocolo é um bom exemplo do relacionamento cooperante entre a Autoridade Portuária e o Município".

 

O documento foi assinado pelo autarca, Luís Nobre, e pelo Presidente da APDL, Nuno Araújo, e prevê critérios de estudo para estabelecer o perfil adequado à potenciação do uso do Porto Marítimo de Viana do Castelo, nomeadamente no que respeita à movimentação de carga pelo tecido empresarial da região. O Presidente da APDL referiu, a este propósito, querer "continuar a melhorar a capacidade de resposta, avaliando as opções mais viáveis de o fazer" e assumiu o compromisso de "proporcionar soluções logísticas cada vez mais fiáveis" de acordo com as conclusões do estudo a realizar.

 

Para o estabelecimento deste perfil, como forma de exponenciar o crescimento da infraestrutura portuária, serão exploradas as potencialidades e novas oportunidades que decorrem do intenso desenvolvimento económico verificado no território, incluindo nas atuais cadeias logísticas e de transporte, criando sinergias conjuntas para o crescimento da região.

 

Nuno Araújo, acrescenta que, "este estudo pretende definir o perfil de crescimento do porto, de acordo com as expetativas do tecido económico da região, afirmando cada vez mais a importância estratégica desta infraestrutura portuária para a dinamização do território", dotando o porto de respostas às necessidades de todos os intervenientes.

 

A APDL assume a descarbonização, a transição energética e a digitalização do negócio como chaves de todos os investimentos a concretizar, para uma maior sustentabilidade, eficiência e consequente redução da pegada ambiental. Para o Presidente da APDL, "quando o país quer ser autossuficiente a nível energético e aumentar a sua descarbonização, o Porto de Viana do Castelo é aquele que reúne as melhores condições de consolidar um cluster que acolha as empresas ligadas às energias renováveis".

 

A cerimónia decorreu no Porto de Viana do Castelo e contou com a presença de vários representantes da Comunidade Portuária.

 

Junho 2022